Fechar Menu [x]

Categoria: Adriano Tardoque

clownaticos-banner

#ApostaCult: A Arte Solidária e Humanizadora da Cia dos ClownAticos

Adriano Tardoque | APOSTACULT | Artes e Espetáculos | Leonardo Cássio | Multicultural 08/04/15 - 10h Leonardo Cassio

A Cult Cultura acredita na transformação pelo amor. E a Cia dos ClownAticos também! Quer se tornar um voluntário? Essa pode ser sua oportunidade!

Confusão e tumulto no rolezinho shopping Itaquera

Um rolezinho ao redor do rolezinho

Adriano Tardoque | Multicultural 17/01/14 - 01h Adriano Tardoque

A polêmica dos rolezinhos nos convida a uma reflexão sobre a categorização da cultura. Por que a sociedade ainda considera o funk como “baixa cultura”? Adriano Tardoque nos apresenta algumas observações.

luz_banner

Bairro da Luz: Cultura e Contradição

Adriano Tardoque | Patrimônio 07/01/14 - 12h Adriano Tardoque

Adriano Tardoque aponta a beleza e a miséria de um bairro que poderia ser um dos mais charmosos de São Paulo: o bairro da Luz.

banner_democor

A Democracia Corinthiana: Uma Construção – Parte 6

Adriano Tardoque | Multicultural 03/12/13 - 11h Adriano Tardoque

Jogadores nos palanques e o fim do movimento Presentes em outros eventos populares, fora dos campos, tanto Sócrates quanto Casagrande e Wladimir difundiam suas imagens de jogadores interessados nas ações políticas do país. O Jornal da Tarde de 13 de dezembro de 1982 apresenta as manifestações de políticos e artistas frente ao título do Corinthians e as atuações dos jogadores nos palcos e palanques: “Lula, o candidato derrotado ao governo […]

socrates1

A Democracia Corinthiana: Uma Construção – Parte 5

Adriano Tardoque | Multicultural 26/11/13 - 10h Adriano Tardoque

Existentes as novas possibilidades de contrato de futebol com base na participação de empresas com patrocínio e pagamento de salários, e estando o país em processo de abertura política (o que possibilitava manifestações públicas sob vigilância), o surgimento de um jogador politizado (raridade), universitário e com todos os elementos de “desobediência” à rigidez militar, produz a figura ideal para o mito da Democracia Corinthiana, cujo próprio nome remetia ao pensamento […]

olivettocorinthians

A Democracia Corinthiana: Uma Construção – Parte 4

Adriano Tardoque | Multicultural 19/11/13 - 10h Adriano Tardoque

Os Três Mosqueteiros de Olivetto No livro “Corinthians: É preto no branco”, escrito em parceria com Nirlando Beirão, Washington Olivetto faz uma brincadeira com a questão do torcedor corintiano apaixonado, que sempre tem uma visão própria e peculiar dos fatos que envolvem a história do clube. Usa páginas brancas para escrever o que chama de “versão oficial dos fatos” (elabora fatos reais com os fatos “desejosos” que envolvem o clube) […]

democraciacorinthiana3

A Democracia Corinthiana: Uma Construção – Parte 3

Adriano Tardoque | Multicultural 12/11/13 - 03h Adriano Tardoque

Sobre a questão do patrocínio exposto na camisa dos clubes de futebol, é interessante a colocação de Edmilson Oliveira da Silva, em seu artigo “O esporte como filão publicitário”, no livro “Esporte e Poder”: “Para as empresas o apoio ao esporte é um negócio fabuloso. Além de debitarem os gastos efetuados no Imposto de Renda, elas conseguem publicidade prolongada com o mínimo de custo. Ao ser transmitido um jogo de […]

democraciacorinthiana2

A Democracia Corinthiana: Uma Construção – Parte 2

Adriano Tardoque | Multicultural 05/11/13 - 01h Adriano Tardoque

A crise se agravava em meio aos péssimos resultados que o clube obtinha em campo. Os diretores do clube passam a colocar seus cargos à disposição do presidente. Quando João Mendonça Falcão se demitiu do cargo de diretor de futebol, assumiu Adilson Monteiro Alves, sociólogo, filho de Orlando Monteiro Alves, então vice-presidente de futebol do Corinthians (que o indicou ao cargo). Por não ter experiência no meio futebolístico, Adilson opta […]

socrates

A Democracia Corinthiana: Uma Construção – Parte 1

Adriano Tardoque | Multicultural 29/10/13 - 10h Adriano Tardoque

A chamada “Democracia Corinthiana” caracterizou-se por movimento em que os jogadores do Corinthians participavam ativamente das decisões do clube. De 1981 a 1985, todos os assuntos relacionados ao time, desde a concentração, contratações e sistema de jogo, eram definidos por voto. A existência deste movimento tornou-se possível através da união de interesses dos jogadores, cujos principais representantes eram Sócrates, Wladimir e Casagrande; a diretoria era representada pelo sociólogo Adilson Monteiro […]

afonsinhoib2

Afonsinho, década de 70: jogando sozinho pela profissionalização do futebol

Adriano Tardoque | Multicultural 22/10/13 - 10h Adriano Tardoque

O jogador Afonso Celso Garcia, o Afonsinho, foi o primeiro atleta a obter na justiça o passe livre, fato até então inédito no Brasil. Também caracteriza-se como o primeiro responsável por uma ação política de contestação que efetivamente deriva em lei, partindo de um jogador e não de ações de interesses do estado ou clubes. Além de seu “jogo” individual contra as estruturas oligárquicas das administrações dos clubes, chamou os […]