Fechar Menu [x]

Circo Di Napoli

Artes e Espetáculos 11/11/13 - 12h Leonardo Cassio

circodinapolib1

Aqui no Brasil existem circos de envergadura mediana, capazes de sobreviver ao longo do tempo, tentando sempre mostrar as tradições consagradas junto a novas possibilidades para atrair novos públicos, mesmo com todas as imensas dificuldades em se viver desse ofício.

Um dos circos que funcionam bem no Brasil é o “Circo da Mônica”, que mescla, além das atrações circenses já citadas, números envolvendo as personagens de Maurício de Souza. E, sem precisar de muita perspicácia, é sabido que o grande chamariz deste “produto” são a Mônica e Cia, não as atrações circenses em si.

Aqui em São Paulo, desde o dia 04/10/2013, no bairro Anália Franco (Zona Leste – em terreno em frente ao Shopping homônimo ao bairro) é possível conferir o “Circo Di Napoli – Mundo Fantástico de Beto Pinheiro”.

Vindo de uma família tradicional do meio, o “Circo Di Napoli” tem 35 anos de existência e é o típico circo de lona, com palhaço apresentando esquetes entre os números de mágica, acrobacia aérea, trapézio, provas de equilíbrio de objetos, acrobacias em trampolins, e outras variedades. Tudo dentro do script de um circo tradicional. Há um apresentador no circo, que vai auxiliando na condução dos números e ajudando em alguns momentos de pequenas falhas dos artistas, num didatismo às vezes exagerado, costurando o roteiro estabelecido.

Na sessão, que estava com um 1/3 da capacidade local, o público era similar, constituído por famílias, a maioria por pai, mãe e até dois filhos. Desde a entrada até o início do espetáculo era impossível fugir da abordagem de vendedores com balões e brinquedos multicoloridos e reluzentes. A criançada pira.

No transcorrer do espetáculo, era possível notar duas coisas claríssimas: as crianças entediando-se após 3 ou 4 atrações e pais atentos graças ao saudosismo de outrora. Sim, era perceptível que o encantamento do Circo nas crianças durava cerca de 20 ou 30 minutos e depois elas se rendiam aos brinquedos comprados à marra na entrada e os pais lá, atentos e observadores, exclamando palavras de lembranças resgatadas.

O “Circo Di Napoli”, fiel a fórmula de circo tradicional, apesar de o apresentador dizer cerca de três vezes que ali havia um cenário “contemporâneo”, encanta até certo ponto, mostrando que a magia precisa de novo fôlego. As crianças perdem o foco e os pais prendem-se em alguns momentos que rememoram a infância.

A ida vale, principalmente para crianças que nunca foram ao Circo. Mas quem já foi, principalmente a grandes espetáculos, poderá se entediar um pouco. E olha que o preço é meio salgado: R$ 60,00 a inteira.

No fim, o “Circo Di Napoli” cumpre seu propósito. A questão agora é que essa arte milenar precisa de um novo propósito.

Circo Di Napoli
www.circodinapoli.com
De terça a sexta-feira, 20h30
Sábados, domingos e feriados, 15h, 17h, 19h e 21h R$ 60,00 (mais adicional para estacionamento, brinquedos e alimentação)

Tags: , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Leonardo Cassio

Leonardo Cassio

Sócio-diretor da Carbono 60 - Economia Criativa, Leonardo Cassio é publicitário, jornalista e amante da sétima arte. Lê de mangá a física quântica e tem uma tatuagem do Pearl Jam.

RELACIONADOS