Fechar Menu [x]

Ópera Nacional Da Ucrânia Homenageia Compositor Russo

A Rússia da Copa | Artes e Espetáculos | Leonardo Cássio 14/08/17 - 10h Leonardo Cassio

163-opera-ucraniana

O Brasil será o único país da América do Sul a receber a turnê comemorativa de 150 anos do Kiev Ballet, da Ópera Nacional da Ucrânia. O aclamado grupo, que virá com 33 bailarinos, passará por Curitiba, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Sobral, Vitória, entre outras cidades, iniciando o tour por São Paulo, no dia de 16 de agosto. Aí você se pergunta: tá, e o que tem a Ucrânia com a Rússia? Tirando todos os problemas geopolíticos, com destaque para o mais recente sobre a Crimeia, o tour brasileiro homenageará o compositor Piotr Ilitch Tchaikovsky, que é nascido onde? Onde?? Sim, na querida Rússia da Copa!

A tour brasileira apresentará dois balés: “A Bela Adormecida” (1888 e 1889), um prólogo de uma obra de três atos de Tchaikovsky, composta entre 1888 e 1889, com libreto de Marius Petipa e Ivan Vsevolojsky, e coreografia de Marius Petipa, baseado no clássico dos contos de fadas do escritor francês Charles Perrault; e “O Lago dos Cisnes” (1876), a história do jovem Príncipe Siegfried, que se apaixona por Odette, amaldiçoada a viver como um cisne até que um homem a jure amor eterno, quebrando o feitiço.

Piotr Ilitch Tchaikovsky nasceu em 1840 em Votkinsk. Com apenas cinco anos começa a tocar piano e a demonstrar profundo talento e interesse pela música, principalmente no início da década de 1850, quando a família se muda para São Petersburgo, local com muita oferta de peças teatrais e concertos musicais. Apesar do gosto pela arte, Tchaikovsky ingressa na Escola de Direito de São Petersburgo e em 1854 perde sua mãe, vitimada pela cólera.

Formado em 1859, o jovem rapaz entra para o Ministério da Justiça da Rússia e em pouco tempo conclui que a carreira de advogado não era para ele. Apenas aos 23 anos de idade, em 1863, ele decidiu dedicar-se exclusivamente à música, matriculando-se no Conservatório de São Petersburgo, onde virou professor em 1866.

Daí em diante firmou-se como um excelente compositor e regente. Em 1868, tomou contanto com o Grupo dos Cinco, formado pelos compositores César Antonovitch Cui, Alexander Borodin, Mily Balakirev, Modest Mussorgsky e Nicolai Rimsky-Korsakov. O foco do grupo era produzir a música nacional russa, com base na história do país através da literatura, das tradições folclóricas e das influências provenientes da vizinha Ásia, mantendo distanciamento da linguagem musical ocidental.

Apesar da influência que sofreu do Grupo, foi justamente o afastamento de uma produção eminentemente nacionalista, com utilização de elementos ocidentalizados, que permitiu a internacionalização do seu legado.

Entre 1860/70, compôs “Fantasia-Abertura Romeu e Julieta” e, em 1871, “O Quarteto de Cordas nº 1 em Ré Maior”, conseguindo reconhecimento público. Em 1874, veio a popularização com uma das principais obras de sua autoria: “Concerto Para Piano nº 1”. Em 1875, ele conclui a “Sinfonia nº 3, A Polonesa”, que marca a fase quando o artista alcança maturidade e inicia o ciclo de produções de obras-primas: “O Lago dos Cisnes” (1876), primeiro balé realizado por com um compositor de sinfonias e concertos, “A Bela Adormecida” (1888/89) e “O Quebra-Nozes” (1892); as óperas “Eugene Oneguin” (1877/1878), “A Rainha de Espadas” (1890) e “Iolanta” (1891); as sinfonias números 4 (1877/1878), 5 (1888) e 6 (1893).

Assim como considerável parte dos artistas, Tchaikovsky teve uma vida complicada. Casou-se com sua ex-aluna de Conservatório, Antonina Ivanovna Milyukova aos 37 anos. O relacionamento foi relâmpago e Milyukova nunca aceitou o divórcio, que na época era um problema social.

Sofreu com problemas financeiros e precisou de mecenato para continuar produzindo. Os mecenas mais famosos foram o Imperador Alexandre III e a baronesa Nadezhda von Meck, com quem manteve um relacionamento por cartas durante aproximadamente 14 anos. Nunca se encontraram, conforme combinado desde o início do auxílio financeiro. Alguns estudos indicam que havia uma relação de amor platônico e, outros, uma espécie de relação maternal. Fato é que o rompimento do auxílio e da troca de correspondências abalaram fortemente a vida de Tchaikovsky. Sofreu, ainda, com rumores atribuídos à homossexualidade, para vermos como homofobia é um problema antigo…

Para os padrões de hoje, morreu jovem, com apenas 53 anos, em 1893, tendo como causa atribuída a cólera, mas com alguns biógrafos defendendo que ele se suicidou.

Dois anos antes de sua morte, em 1891, teve a honra de realizar um concerto na inauguração do Carnegie Hall, em Nova York, conforme atesta um documento da própria instituição, fato que corroborou para sua fama internacional.

Piotr Ilitch Tchaikovsky é tido como o principal e mais famoso compositor de música clássica da Rússia e um dos maiores do mundo em todos os tempos. A multiplicidade de gêneros – sinfonias, óperas, balés, concertos, música de câmara – e a inventividade e profundidade das obras o alçaram como um dos grandes gênios saídos do país-sede da próxima Copa.

E você, caro leitor, pode conferir um pouco do legado de Tchaikovsky através da apresentação do Kiev Ballet. Antes do serviço, duas notinhas:

1ª – Se você for pesquisar sobre o artista, se deparará com formas diferentes de grafia do nome: Piotr Ilitch Tchaikovsky, Peter Ilyich Tchaikovsky e Pyotr Ilyich Tchaikovsky. Da baronesa que o manteve também: Nadejda von Meck, Nadyezhda von Meck ou Nadezhda von Meck.

2ª – Rússia e Ucrânia tem uma história terrivelmente complexa e ruim. Veja a importância da arte: A Ópera Nacional da Ucrânia homenageando um compositor russo em uma turnê mundial. Palmas!

TURNÊ BRASIL 2017 – ESPECIAL 150 ANOS
16 de agosto: São Paulo/SP – Teatro Bradesco
17 de agosto: Curitiba/PR – Teatro Guaíra
19 de agosto: Florianópolis/SC – Teatro do CIC
20 de: Porto Alegre/RS – Teatro do SESI
23 de agosto: Rio de Janeiro/RJ – Cidade das Artes
24 de agosto: Belo Horizonte/MG – Palácio das Artes
26 de agosto: Fortaleza/CE – Teatro São Luís
27 de agosto: Sobral/CE – Praça pública
29 de agosto: Vitória/ES – Área de Eventos do shopping Vila Velha
01 de setembro: Brasília/DF – Centro de Convenções Ulysses Guimarães
02 de setembro: Cuiabá/MT – Teatro Zulmira Canavarros

SERVIÇO SÃO PAULO
Dia: 16 de agosto de 2017.
Horário: QUARTA, a partir das 21h.
Local: Teatro Bradesco – Bourbon Plaza (R. Palestra Itália, 500 – Loja 263 – Perdizes, São Paulo – SP).
Obras: A Bela Adormecida e O Lago dos Cisnes.
Duração: 60 minutos, cada suíte, com intervalo de 15 minutos entre elas.
Abertura dos portões: 20h.
Classificação indicativa: livre.
Menores de 10 anos, apenas acompanhados dos pais ou responsáveis.
https://www.ingressorapido.com.br

Tags: , , , ,