Fechar Menu [x]

#ApostaCult: Vamos Lollalizar o Mundo!

APOSTACULT | Artes Visuais | Thais Polimeni 08/05/15 - 04h Thais Polimeni

lolla-roberta-nascimento

Conheci a Rô em um programa do Rotary para jovens voluntários, o Rotaract. Ela era a presidente (presidenta?) do clube quando eu entrei. Fizemos ações superinteressantes e, principalmente, conheci muita gente do bem.

A Rô é advogada e artista: ela faz ilustrações superfofas e sua personagem principal é a Lolla, que é, digamos, o alter-ego da Roberta Nascimento. A Lolla tem até FanPage no Facebook! Sou fã das ilustrações fofas e delicadas da Rô/ Lolla e, quando decidimos criar a série #ApostaCult, ela foi um dos primeiros nomes que me veio em mente.

Fizemos uma entrevista com a artista-advogada-versátil Roberta Nascimento, que já ilustrou livros, e participa de outros projetos, como o Parágrafo no Trânsito, em que ela ilustra histórias que acontecem nos táxis do mundo inteiro (a foto do banner é desse projeto!).

Ao final da entrevista, tem o currículo e contato da Roberta/ Lolla para quem quiser fazer uma encomenda de desenho pra presentear ou pra decorar algum ambiente :)

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] O que veio primeiro: o dom a ilustração ou o gosto pela aquarela?
[Roberta Nascimento | LOLLA] Eu desenho desde sempre. Na faculdade de direito, eu passava o tempo todo desenhando meus professores, a escada, meu pé. Cheguei até a fazer trabalhos de desenho e cenografia para uns amigos que faziam um curso bem mais legal que o meu. Aquarela eu só comecei a estudar há uns seis anos.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Todas as ilustrações que você faz são coloridas com aquarela?
[Roberta Nascimento | LOLLA] Eu amo aquarela e é uma técnica que combina com o meu traço, que é bem delicado. Mas eu me aventuro com pastel, colagem, acrílica.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] O estilo da ilustração da Lolla é bem delicado e característico de obras voltadas para o público infantil. Você se inspirou em algum ilustrador para chegar ao seu próprio estilo?
lolla-roberta-nascimento-na-ponta-do-leque[Roberta Nascimento | LOLLA] Eu gosto muito do Liniers, da Beatrix Potter, da Irisz Agócs, da Rebecca Luciani, poxa, tanta gente. Acho que tudo o que a gente vê e vivencia interfere no nosso estilo. Mas, depois que eu comecei com a Lolla, há uns cinco anos, foram o Wagner Zuri, o Hiro Kawahara e o Renato Alarcão, meus professores incríveis, que fizeram com que ela ficasse tão fofa como é hoje.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Paralelo à ilustração, você segue com sua carreira de advogada. Você pretende seguir nas duas profissões, afirmando a característica versátil dos profissionais da atualidade ou você gostaria de focar em uma das duas carreiras, deixando a outra como uma espécie de hobby?
[Roberta Nascimento | LOLLA] Atualmente, ser advogada paga as contas e me dá uma segurança que o desenho não dá. Eu curto mesmo desenhar todos os dias à noite e aos finais de semana, parece até que eu tenho uma identidade secreta, como se eu fosse uma super heroína que deixa tudo fofo. Sabe? Vamos lollalizar o mundo e deixar as pessoas mais felizes.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Você já morou na cidade de São Paulo, em cidades do interior paulista e agora reside no Rio de Janeiro. Alguma dessas cidades contribui mais para você se inspirar ou o ambiente não influencia tanto?
lolla-roberta-nascimento-lolleskine[Roberta Nascimento | LOLLA] Eu tinha um professor na faculdade de direito que dizia que eu não teria escrito nenhuma linha se morasse no Rio. Eu sempre achei que fosse um preconceito com a cidade ou com os cariocas, mas não. O Rio é realmente uma cidade maravilhosa e eu deixo de fazer muitas coisas (desenhar, inclusive) para curtir a cidade, especialmente a praia. Levo o meu lolleskine (trocadilho que faço porque é o moleskine da Lolla), mas desenho menos. Apesar de que, acho que desenho com mais qualidade.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Qual tipo de ilustração você mais gostou de fazer?
[Roberta Nascimento | LOLLA] No aniversário do Hiro, meu professor de desenho, fizemos um livro de presente, com ilustrações de todos os alunos. Tinha que ser uma coisa que ele gostasse ou conversasse com ele, e o Hiro adora sereias. Fiz uma sereia careca, porque eu sou careca e sinto que falta representação no mundo, inclusive no das sereias. Foi um desenho que me marcou muito e que foi delicioso de se fazer, porque, apesar de eu ser careca há 15 anos, não desenhava muitos personagens assim. A própria Lolla, que é meu alter ego, não é careca.

lolla-roberta-nascimento-panoramica

Roberta Nascimento/ Lolla
lolla-roberta-nascimento-fotoNatural de São Carlos, teve diversos endereços, e atualmente mora no Rio de Janeiro. Cursou Direito na Universidade Mackenzie, mas passava a maior parte do tempo assistindo aulas na Faculdade de Comunicação. Depois de exercer advocacia por muitos anos, resolveu assumir seu caso de amor com a arte e estudou com diversos artistas plásticos, além de iniciar uma pós-graduação em artes no SENAC. Desde 2011 dedica-se à ilustração, tendo trabalhado para o Shopping Cidade Jardim e Primavera Editorial. Ilustrou a capa de “Na Ponta do Leque” e o livro “Escritores do Bem”.

Para entrar em contato, envie um e-mail para lollailustradora@gmail.com

Tags: , , , , , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Thais Polimeni

Thais Polimeni

Thais Polimeni é editora e uma das fundadoras do blog Cult Cultura e, ao lado de Leonardo Cassio e Daniel Ávila, é sócia-diretora da Carbono 60 - Economia Criativa. Publicitária, jornalista, paulistana, tiete e geminiana, Thais é viciada em teatro, cappuccino e wi-fi. Dizem que é descendente direta de Buda, mas na TPM, nem ela se aguenta. É colunista do Jornalirismo e tem seu alter-ego publicado aqui: facebook.com/thaisPOULAINmeni

RELACIONADOS

Os comentários estão desativados.