Fechar Menu [x]
Se Mistura na Foto

Pixo, Grafite e Arte Na Campus Party

Artes Visuais | COACHCULT | Cultura Digital | Multicultural | Thais Polimeni 01/02/17 - 01h Thais Polimeni

24-campus-party-kobra

Em tempos da discussão grafite x cidade cinza, a Campus Party, maior festival de inovação, criatividade, ciência e empreendedorismo do mundo, aposta no grafite para dialogar com seus participantes. Nesta sexta-feira, 3 de fevereiro, às 20h, o grafiteiro brasileiro Eduardo Kobra será o foco do evento, apresentando-se no Palco Principal da Campus Party.

Kobra é considerado um dos grandes nomes da street art mundial, com obras expostas pelos muros de grandes metrópoles como Rio de Janeiro, Londres, Atenas, Lyon, Los Angeles, Moscou, Roma, Tóquio e Nova York. São Paulo fazia parte da lista de cidades com um dos maiores murais do grafiteiro, situado na Avenida 23 de maio, que possuía o maior mural de grafite a céu aberto da América Latina. No início do ano, a atual prefeitura de São Paulo decidiu apagar arbitrariamente quase todos os grafites, excluindo, assim, a cidade do topo da lista do circuito de arte urbana mundial. Eu disse “quase todos” porque foram selecionados 8 grafites que não seriam apagados. Entre eles, estava o mural do Kobra. No dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, porém, alguns manifestantes picharam o mural de Kobra em oposição à ação da prefeitura, que teve que apagá-lo em seguida. Ao ser consultado sobre sua opinião a respeito da ação dos pichadores, Kobra defendeu que deveria haver um critério igual a todos os grafites e, se os outros foram apagados, o dele também deveria ter sido (fonte: G1).

24-campus-party-tnt

Nesta 10ª Edição da Campus Party, Kobra fará uma palestra aos campuseiros, contando sobre seus projetos de transformação da paisagem urbana e resgate da memória da cidade através da arte. Coincidentemente, o stand da TNT Energy Drink, patrocinadora Gold do evento, investiu em uma comunicação que valoriza o pixo e o grafite. Vale a visita! Pra quem tem interesse em saber um pouco mais sobre essas duas formas de manifestação popular, assista aqui ao vídeo da TVCult, em que explicamos de onde veio e – talvez – para onde vai tudo isso.

A Campus Party Brasil acontece até o dia 5 de fevereiro de 2017 e oferece mais de 700 horas de conteúdo e atividades durante praticamente 24 horas por dia. Entre os campeonatos realizados, está o The Big Hackathon, em parceria com o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), um desafio com 100 horas de duração que tem o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU.

Os ingressos já estão esgotados, mas é possível qualquer pessoa visitar, até o dia 4 de fevereiro, das 10h às 20h, a Open Campus, área aberta e gratuita da Campus Party, onde haverá 14 simuladores, uma Batalha dos Robôs, o primeiro Campeonato Brasileiro de Drones para profissionais, entre outras atividades.

campus_partyUma novidade da Open Campus é o Espaço Fazedores (Makerspace). Lá estará presente a PortoFabLab, laboratório de fabricação digital da Porto Seguro que, nos dias 1º e 2 de fevereiro, das 10h às 22h, apresentará diversas experimentações e resultados de atividades realizadas no Espaço Cultural Porto Seguro. Para saber mais sobre o laboratórios de fabricação digital, assista à TV Cult que gravamos na PortoFabLab (e ignorem minha voz fanha de gripe)!

Se você quiser assistir às palestras do palco principal (como a do Kobra, por exemplo), não se precoupe: elas poderão ser acompanhadas no site Campuse.ro via streaming e, após o final do evento, as mesmas ficarão hospedadas no mesmo site.

Campus Party Brasil 2017
De 31 de janeiro a 5 de fevereiro de 2017
Pavilhão de Exposições Anhembi
São Paulo- SP

Kobra na 10ª Edição da Campus Party
Sexta-feira, 3 fevereiro, 20h
Palco Principal

Tags: , , , , , ,