Fechar Menu [x]

Um Novo Olhar Para A Arte Urbana: Assista Ao Documentário “Olhar Instigado”

Artes Visuais | Audiovisual | Thais Polimeni 08/03/17 - 08h Thais Polimeni

50-olhar-instigado

Uma das premissas da Cult Cultura é formar público para cultura e entretenimento, o que envolvem exposições, peças de teatro, apresentações musicais, cinema, cultura digital, literatura e ocupação de espaços públicos. Entramos em defesa de toda e qualquer manifestação artística e, quando ainda não temos uma opinião formada (o que acontece com frequência, afinal, estamos em constante (trans)formação), buscamos respostas por meio da intersecção dessas próprias manifestações: para entender de alguma particularidade do teatro, bebemos na literatura; para saber mais sobre algum gênero musical, nos utilizamos da cultura digital; e para compreender sobre ocupações de espaços públicos, por exemplo, por que não nos inspirarmos através da tela do cinema?

Foi com essa motivação que fomos, ontem, conferir a pré-estreia do documentário “Olhar Instigado“, no Centro Cultural São Paulo, que aborda temas – coincidentemente – muito discutidos atualmente: o pixo, a arte urbana, o grafite. Se você gosta desse tipo de manifestação, vai amar o doc. Se não gosta, aí é que tem que ver, MESMO! Falar que pichações são feias, que “aquilo não é arte” e que suja nossa “Cidade Linda” não contribui para a construção de uma cidade democrática. Tais argumentos não definem o pixo, pois, antes de ser uma manifestação artística, é um ato político – como citado no documentário: “todo trabalho feito na rua é político” (ou algo assim, não sei se foram exatamente essas as palavras do artista. Quando assistirem, me avisem se é isso, mesmo 😉 ).

Um destaque que me chamou a atenção nas histórias apresentadas foi a ação do artista Alexandre Orion, que fazia suas pichações dentro de túneis de São Paulo através da “limpeza” da poeira impregnada na parede. Seria ele mais artista que os pichadores de prédios? Ele fazia intervenções não-autorizadas em um espaço público… Ou seria menos artista que os grafiteiros reconhecidos internacionalmente? Ele fazia desenhos que muitos achariam agradáveis de ver, diferentes das letras das pichações que poucos entendem… É uma ótima reflexão para quem ainda acredita em “alta” e “baixa” cultura.

Como vocês devem imaginar, o documentário não foi realizado em dois meses (por isso o motivo do “coincidentemente” lá de cima): “Olhar Instigado” é fruto de uma pesquisa iniciada em 2011 e que durou cerca de 3 anos para, então, ser exibido pela primeira vez em 2016 na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Agora, entra em circuito nacional com uma sessão especial nessa quarta-feira, 8 de março, no Grajaú, em São Paulo, de uma forma que não poderia ser mais adequada: o filme será projetado em um muro do bairro, próximo a um grafite incrível (esse aí do banner, presente no documentário). Apareçam!

Caso não possam ir nessa exibição especial, a partir do dia 9 de março você poderá conferir “Olhar Instigado” nos cinemas.

“Olhar Instigado” ao ar livre
Quarta-feira, 8 de março de 2017, 20h (credenciamento a partir das 19h)
Presenças confirmadas: os diretores do documentário, Chico Gomes e Felipe Lion; e os artistas Alexandre Orion, André Monteiro (Pato) e Bruno Locuras
Grátis

Calçadão Cultural do Centro Cultural Grajaú
Rua Professor Oscar Barreto Filho, 252. Parque América – Grajaú

Para saber mais sobre Pixo, Grafite e Hip Hop, assista ao nosso vídeo da TVCult!
Conheça o projeto “ABC do Grafite“, idealizado pela Carbono 60, com parceria da Cult Cultura!
Veja aqui a entrevista com o grafiteiro SUBTU, na TVCult Entrevista!

Tags: , , , , , , , ,