Fechar Menu [x]

Sua Foto no Instagram Pode Revelar Uma Depressão

Artes Visuais | Cultura Digital | Leonardo Cássio 08/09/16 - 01h Leonardo Cassio

218-pesquisa-instagram

Postar fotos em redes sociais para uma significativa parcela da população é algo tão corriqueiro quanto se arrumar em frente ao espelho, escovar os dentes e tomar banho. Não mais apenas para eternizar momentos importantes, as fotos, hoje, com a consequente divulgação em redes sociais, têm o objetivo de mostrar o presente sem maiores pretensões, tanto que existem redes sociais dedicadas a apagar em pouco tempo o que você acabou de clicar ou gravar. São tempos de efemeridade das coisas.

Um estudo conduzido pelas universidades norte-americanas de Harvard e Vermont indicou que postagens no Instagram, rede social dedicada a fotografias, podem indicar depressão. Conduzida por Andrew Reece (Harvard) e Chris Danforth (Vermont), a pesquisa “Instagram Photos Reveal Predictive Markers of Depression” abordou 166 voluntários no mundo, analisando 44 mil imagens, e conclui que indivíduos com depressão buscam filtros de edição com cores preta, branca e cinza, sem qualquer tipo de presença de cor vibrante.

A pesquisa observatória levou em conta a psicologia das cores, associando humor e saúde mental positivas às fotos “claras”, e as “escuras” aos sentimentos negativos. As pessoas diagnosticadas com depressão tiravam fotos com frequência maior do que as consideradas saudáveis, sendo que elas não tinham retratos junto a outras pessoas, indicando isolacionismo. Os depressivos utilizam em larga escala o filtro “Inkwell”, que deixa a fotografia em preto e branco, cores associadas ao estado depressivo.

O estudo científico passará por uma revisão, porém, os resultados coletados, mesmo que tenham sido adquiridos de uma amostragem pequena, são suficientes para indicar um padrão de comportamento em redes sociais. Nem é preciso de um estudo aprofundado para saber que a obsessão por postar coisas em redes sociais denota, em muitos casos, problemas comportamentais ou de saúde. É aquela insistência em divulgar imagens e relatos de felicidade extrema, a todo momento, como se não houvesse problemas no mundo. Muito disso é maquiagem para esconder problemas como depressão. No caso deste estudo, a sutileza está em captar um padrão no tipo de imagem que os voluntários postaram. Abaixo, você pode conferir os tipos de filtro utilizados no Instagram tanto por pessoas saudáveis, quanto por pessoas com depressão. Resta saber agora como o estudo poderá auxiliar as pessoas diagnosticadas com esse mal que assola mais de 120 milhões de pessoas no mundo.

Tem Insta? Siga nosso perfil: @cultcultura!

pesquisa-instagram

Foto do banner: Visualhunt.com

Tags: , , , , , ,