Fechar Menu [x]

Z Carniceria Abre Exposição das Provocativas Obras de Leonardo Prandina

Artes Visuais | Leonardo Cássio 10/02/15 - 04h Leonardo Cassio

Z-Carniceria

Pornografia é um assunto que não se esgota e que chama atenção sempre. E é sob essa ótica que Leonardo Prandina resolveu desenvolver sua arte. Os desenhos provocativos, com alto teor sexual, se amparam em traços simples que são aprofundados por uma textura de pontilhismo que dá maior contraste e efeitos de sombreamento aos desenhos.

Prandina gosta de esclarecer, de imediato, que sua arte não é erótica e, sim, pornográfica. Declara o artista: “Erótico vem do grego erotikós, que significa amoroso e tem ligação com Eros, deus grego do amor, o que nos remete a algo mais carregado de pudores, de limites e convicções sociais. Em contrapartida, “pornografia” vem do grego porni (prostituta) e graphein (escrever), que classifica qualquer arte ligada à vida e rotina de prostitutas como algo menos nobre”. Prossegue: “Parto da ideia de que desejos são comuns a todas as classes sociais, sexos e corpos, não devendo haver ditaduras de formas, pesos e opções sexuais.”

O artista busca, portanto, tirar, da pornografia, o status de marginalidade, ligada ao submundo da exploração sexual, e dar a ela uma conotação positiva, já que praticamente todo mundo gosta de sexo e por este motivo não deveria haver tanto moralismo e bloqueio com relação ao tema. Ademais, ainda que subversiva, a pornografia, de uma forma ou outra, faz parte da vida de todos.

Percebo isso de forma mais concreta quando vejo pedidos de todos os tipos de desejos ganhando forma no papel. A identificação de um desejo através da arte é um tipo de retorno imediato e singular, mas, mais do que isso, é libertador”, ressalta Prandina.

Retratar o sexo através da arte é algo tão antigo quanto o conceito de arte. Hoje em dia, existe uma contradição na sociedade com relação ao sexo e à pornografia: existe um tabu enorme para se abordar o tema de forma mais liberal, ao passo que há uma banalização da sexualidade exacerbada pela TV, publicidade e outros veículos de comunicação. Cada vez mais cedo, adolescentes (ou crianças) iniciam sua vida sexual, mas alguns grupos da sociedade acreditam que o sexo, como assunto, deve ser suprimido.

Prandina não propõe, com seus desenhos, a obscenidade barata da pornografia. Ao contrário: ele quer elevar o tema, resgatando-o do submundo e conduzindo-o para um lugar comum a todos, livre de amarras. Mais: o artista enxerga o sexo como uma forma de arte e apenas o materializa através dos desenhos.

Conheçam esse tipo de arte, conheçam seus corpos e, quando isso acontecer, libertem seus desejos para que se eternizem em forma de desenho. Estarei à disposição” – Leonardo Prandina

A partir do dia 12 de fevereiro, os desenhos de Prandina serão exposto no Z Carniceria, na rua Augusta. A seguir, uma prévia do que rolará por lá.

leonardo-prandina (3)

leonardo-prandina (4)

leonardo-prandina (2)

leonardo-prandina (5)

leonardo-prandina (6)

leonardo-prandina

leonardo-prandina (7)

Z Carniceria
Rua Augusta, 934 – Bela Vista
São Paulo – SP
11 3231-3705
Terça, quarta, quinta e domingo, das 19h à 1h
Sexta e Sábado, das 19h às 2h

Tags: , , , , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Leonardo Cassio

Leonardo Cassio

Sócio-diretor da Carbono 60 - Economia Criativa, Leonardo Cassio é publicitário, jornalista e amante da sétima arte. Lê de mangá a física quântica e tem uma tatuagem do Pearl Jam.

RELACIONADOS