Fechar Menu [x]

Café Filosófico

Audiovisual 06/03/12 - 09h Cult Cultura

Tem muita gente que enche a boca pra falar “Nossa, faz tanto tempo que eu não assisto à TV, que eu nem lembro quando foi a última vez”, insinuando que não tem nada de bom na programação da TV aberta.

Concordo que tem muita coisa que é difícil de se aproveitar, mas há programas bons, sim! Uma vez eu vi um tweet de um comediante (acho que foi o Marcelo Mansfield) que perguntava: “Por que as emissoras acham que quem tem bom gosto não precisa acordar cedo?”. É fato. Grande parte dos bons programas começam após as 22h.

Um desses bons programas é o Café Filosófico, que passa às 22h, todos domingos, na TV Cultura. Patrocinado pela CPFL Cultura, filósofos e psicanalistas apresentam uma ideia e, ao final, abrem para perguntas da plateia. Foi nesse programa que eu conheci o trabalho da filósofa Marcia Tiburi, que eu admiro muito (e não é porque ela ficou famosa com o “Saia Justa” que eu vou começar a criticar o sistema. Muito pelo contrário: a gente tem é que se alegrar de ver bons profissionais tendo sucesso!).

Nesse domingo, 4 de março, o tema foi “Eu que aprenda a levantar”, com a filósofa Olgária Matos. A partir desse tema, ela discorreu sobre felicidade, liberdade, crises existenciais… Tudo de uma forma compreensível, com citações de grandes nomes e histórias mitológicas.

O autoconhecimento, segundo o que foi apresentado no programa, é essencial para encontrarmos a felicidade. Saber “quem eu sou” nos ajuda a saber “o que traz a felicidade e saber reconhecê-la quando ela chegar”.

Uma vez conversei sobre isso com uma amiga (praticamente um “Saia Justa”). Falávamos sobre a real importância do autoconhecimento. Será que ele nos ajuda ou atrapalha? Será que o autoconhecimento não facilita as crises existenciais? Chegamos à conclusão de que a vida não tem sentido, nós sentimos a necessidade de atribuir um sentido a ela para encontrar a plenitude e a felicidade. E foi mais um menos isso que a Olgária Matos comentou no programa, quando falava sobre o autoconhecimento: “O que nos faz feliz é a consciência de que as coisas não têm sentido”.

Bom, pessoal, deu pra perceber que o programa é de altíssimo nível, né? Tentem assistir algum dia. Temos que valorizar as boas iniciativas na área cultural! No site do Café Filosófico tem mais informações, também: http://tvcultura.cmais.com.br/cafefilosofico/sobre-o-programa

Café Filosófico
Domingo, 22h
TV Cultura

Por Thais Polimeni

Tags: , , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Cult Cultura

Cult Cultura

Plataforma digital de cultura e economia criativa.

RELACIONADOS