Fechar Menu [x]

Franceses Combinam Cinema e Música em Ritual Moderno no Red Bull Station

Audiovisual | Cultura Digital | Música | Thais Polimeni 08/11/16 - 12h Cult Cultura

273-cine--performa-red-bull-station-vicent-moon

Entre 2009 e 2013, o cineasta francês Vincent Moon rodou muitos países com sua câmera na mochila, registrando cenas folclóricas, músicas sagradas e rituais religiosos. Já Priscilla Telmon se dedica a viagens longas que combinam história e aventura desde 1999, rendendo homenagens às tradições e ao mistério dos países visitados.

No dia 10 de novembro, quinta-feira, a dupla de cineastas franceses junta suas descobertas e apresenta uma performance audiovisual no Red Bull Station, combinando cinema e música em um contexto ritualístico moderno. A exibição é parte da edição de novembro do Cine Performa, evento que ocorre mensalmente no local e combina filmes e performances de temática similar.

Na ocasião, ainda haverá a exibição do filme Iaô (1976, 69 min.), de Geraldo Sarno. Inteiramente realizado na Casa de Mãe Filhinha, no Recôncavo Baiano, o registro documenta o processo de iniciação ao culto dos orixás. Além de mostrar rituais tradicionais de uma comunidade gege-nagô, Iaô também destaca o papel integrador e de resistência cultural desses eventos.

Cine Performa: Exibição do filme “Iaô” + performance de Vincent Moon e Priscilla Telmon
Quinta-feira, 10 de novembro de 2016, 19h30
Grátis: sujeito à lotação do espaço

Auditório do Red Bull Station
Praça da Bandeira, 137 – Centro – SP

Sobre Vincent Moon
Fazendo parte da “nova geração de cineastas”, segundo a Cinemateca Francesa, nascido na era digital e da internet, Vincent foi o principal diretor “Concerts à Emporter” do site La Blogothèque. O projeto online de filmes musicais de bandas indie rock e outras populares, como R.E.M, Tom Jones e Arcade Fire, revolucionou o conceito de vídeoclipes e o jeito de filmar música em todo o mundo. No Brasil, trabalhou com artistas como Gaby Amarantos, Tom Zé, Elza Soares e Ney Matogrosso. Desde 2009, Moon se dedica a seu selo nômade “PetitesPlanètes”. Percorrendo o mundo, com sua câmera e seu computador na mochila, faz filmes etnográficos experimentais de forma independente, registrando cenas folclóricas, músicas sagradas e rituais religiosos disponibilizados na internet pela licença Creative Commons.

Sobre Priscilla Telmon
Cineasta, escritora e musicista, percorre o mundo em viagens de aventura e explorações místicas. Membro da Sociedade de Exploradores Franceses, se dedica a viagens longas que combinam história e aventura, rendendo homenagens as tradições de sabedoria e ao mistério dos países visitados. Sua paixão pela exploração e culturas antigas rendem reportagens, filmes e livros, atuando na imprensa escrita, no rádio e em museus. Priscilla assina grandes reportagens sobre ecologia, sobre os últimos nômades e sobre o xamanismo. Publicou “La Chevauchée des Steppes”, e “Carnets de Steppes”, sobre a sua travessia a cavalo durante sete meses no Ásia Central do Cazaquistão ao Mar de Aral. Publicou ainda “Himalayas”, e dirigiu o filme “Voyage au Tibet Interdit”, produzido pela MK2, sobre a sua última expedição a pé e sozinha pelo Himalaia durante seis meses, seguindo os passos de exploradora Alexandra David Neel.

Tags: , , , , , ,