Fechar Menu [x]

Cinema, Soft Power e os BRICS: Seminário Internacional Gratuito

Audiovisual | COACHCULT | Thais Polimeni 24/10/16 - 01h Thais Polimeni

264-cinema-soft-power-e-os-brics

Em um dos nossos programas da TVCult (vídeo acima do post), falamos sobre a importância do Soft Power, explicando sobre seu conceito e dando alguns exemplos da sua aplicação em alguns países.

Como comentamos, o cinema é uma das principais formas de utilizar o soft power na propagação e divulgação de uma determinada cultura. Nessa semana, junto à Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, será realizado o seminário internacional Cinema, Soft Power e os BRICS. O encontro vai reunir autoridades, gestores, realizadores e pesquisadores do audiovisual do Brasil, da China, da Índia, da Rússia e da África do Sul com o objetivo de aproximar as iniciativas e impulsionar as políticas públicas entre os países para estimular o intercâmbio econômico e criativo.

O seminário é uma realização da Universidade de Leeds (Inglaterra) em parceria com o Instituto Iniciativa Cultural e com a Spcine. Após a cerimônia de abertura, no dia 27 de outubro, haverá um painel sobre as indústrias cinematográficas da Rússia e da China. Nessa mesa, serão apresentadas as especificidades de cada mercado e também os mecanismos de coprodução, bem como casos de filmes realizados entre produtores brasileiros, russos e chineses. Da mesma forma, será relatada a experiência da Spcine na articulação do projeto que vai promover a circulação de obras paulistas nesses países por meio de um memorando de codistribuição.

No mesmo dia, à tarde, será a vez da mesa de debates sobre a produção de filmes na Índia e na África do Sul. Para este painel, já está confirmada a presença de Rachel Dwyer, professora da Universidade de Londres e especialista em cinema indiano; Paul Cooke, professor da Universidade de Leeds e pesquisador de cinema sul-africano; e Shobhan Saxena, crítico de cinema e jornalista do Times of India, em São Paulo, dentre outros.

Na sequência, ocorrerá o lançamento dos livros “Cinema Brasileiro e Coprodução Internacional”, de Dácia Ibiapina e Flávia Rocha; e “As Relações Internacionais e o Cinema, volume 2″, organizado por Cristine Koehler Zanella e Edson José Neves Júnior.

As inscrições terminam no dia 25 de outubro (últimas vagas!) e podem ser feitas clicando aqui no link para preencher o formulário.

PROGRAMAÇÃO

Quinta-feira, 27 de outubro de 2016, das 9h às 18h
Caixa Belas Artes – Sala Spcine Aleijadinho
Rua da Consolação, 2423 – São Paulo/ SP

9h – Abertura
Alessandra Meleiro – Professora da Universidade Federal de São Carlos e Presidente do Instituto Iniciativa Cultural
Renata de Almeida – Diretora da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo
Maria do Rosário Ramalho – Secretária de Cultura do Município de São Paulo
Stephanie Dennison – Professora da Universidade de Leeds/Reino Unido

das 9h30 às 10h40 – Mesa “Cinema brasileiro no contexto global”
Deborah Rossoni – Gestora de Projetos no setor audiovisual da Apex-Brasil
Débora Ivanov – Diretora da Ancine
Ana Júlia Cabral – Assessora Internacional da Ancine
Alfredo Manevy – Diretor-presidente da Spcine, correalizadora do evento
André Sturm (mediador) – Presidente do Programa Cinema do Brasil

10h40 às 11h – Coffee break

das 11h às 13h30 – Mesa “Cinema, mercado e a reinvenção da nação: os casos da Rússia e da China”
Vlad Strukov – Professor da Universidade de Leeds e especialista em Novas Mídias Russas
Eduardo Raccah – Coordenador Internacional da Spcine
Anamaria Boschi – Diretora artística e produtora da Mostra de filmes Brasileiros na China
Cecilia Antkly de Mello – Professora de Estudos de Cinema da USP
Fabiano Gullane – Sócio da Gullane – Produtor do filme Plastic City (Coprodução Brasil-China-Japão-Hong Kong)
Úrsula Passos (mediadora) – Jornalista da Ilustríssima/Folha de S. Paulo

13h30 às 15h – Almoço

15h às 17h30 – Mesa “Cinema e visibilidade: os casos da Índia e da África do Sul”
Cary Rajinder Sawhney – Cineasta e Diretor do BFI London Indian Film Festival (o maior festival de cinema indiano do mundo)
Rachel Dwyer – Professora da Universidade de Londres e especialista em cinema indiano
Paul Cooke – Professor da Universidade de Leeds e pesquisador de cinema sul-africano
Shobhan Saxena – Crítico de cinema e jornalista do “Times of India” em São Paulo
Adwoa Ankoma – Representante da Legal, Policy and Compliance Officer/ National Film and Video Foundation/África do Sul
Beatriz Seigner – Diretora de Bollywood Dream, o primeiro longa-metragem de ficção coproduzido entre o Brasil e a Índia
Juily Manghirmalani (mediadora) – Mestre em Imagem e Som pela UFSCar e especialista em cinema indiano

18h – Lançamento de livros (com coquetel)
Cinema Brasileiro e Coprodução Internacional, de Dácia Ibiapina e Flávia Rocha
As Relações Internacionais e o Cinema, organizado por Cristine Koehler Zanella e Edson José Neves Júnior

Cinema, Soft Power e BRICS – Seminário Internacional
Aberto ao público: 27 de outubro de 2016, das 9h às 18h
Inscrições até o dia 25/10: clique aqui

Caixa Belas Artes
Rua da Consolação, 2423 – São Paulo/ SP

Tags: , , , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Thais Polimeni

Thais Polimeni

Thais Polimeni é editora e uma das fundadoras do blog Cult Cultura e, ao lado de Leonardo Cassio e Daniel Ávila, é sócia-diretora da Carbono 60 - Economia Criativa. Publicitária, jornalista, paulistana, tiete e geminiana, Thais é viciada em teatro, cappuccino e wi-fi. Dizem que é descendente direta de Buda, mas na TPM, nem ela se aguenta. É colunista do Jornalirismo e tem seu alter-ego publicado aqui: facebook.com/thaisPOULAINmeni

RELACIONADOS

114-tvcult-6-soft-power
TVCult #6: Soft Power
  • 17/05/16 - 10h
templo-de-palmira
Soft Power às Avessas
  • 02/09/15 - 02h
softpower
Soft Power
  • 01/07/13 - 10h