Fechar Menu [x]

“Difícil Decisão” É Um Teste De Compaixão E Empatia

Audiovisual | Thais Polimeni 28/06/17 - 10h Thais Polimeni

129-dificil-decisao-hbo

É curioso perceber que os filmes mais emocionantes que eu vi esse ano são os que eu menos imaginava que me emocionariam. O primeiro foi “Logan” (clique aqui para ler), um filme de herói que mostra muito mais do que cenas de luta: o heroísmo, ali, consiste na quebra de barreiras internas, na construção da sensibilidade em um ambiente nada propício pra isso. O mais recente, por sua vez, foi um documentário: “Difícil Decisão”, que estreia dia 3 de julho, às 22h, na HBO.

“Difícil Decisão”, nome em português para “Rock and a Hard Place”, acompanha os participantes de um programa de treinamento norte-americano para jovens presidiários. Você imaginaria chorar em uma produção dessas? Pois prepare uma caixa de lenços se não quiser que sua echarpe saia encharcada de lágrimas. Sério, foi o filme que eu mais chorei na vida e só não solucei porque tive que me conter, já que eu estava em uma sala com mais um montão de jornalistas (que também estavam se contendo e comendo chocolates pra aliviar a emoção).

O programa documentado chama-se “Miami-Dade County Corrections & Rehabilitation Boot Camp Program” e visa à reabilitação de jovens presos, possibilitando uma uma segunda chance especialmente para aqueles que receberam uma pena mais extensa. O programa começa com 38 participantes e os que conseguem passar pelos quatro meses de treinamento, ganham a chance de recomeçar.

Ao acompanhar determinadas situações de alguns participantes, o documentário nos informa o motivo da prisão e a pena aplicada. Achei bem estranha algumas relações. Por exemplo, tinha jovens que haviam sido presos por assalto à mão armada e duas tentativas de invasão de propriedade privada e receberam prisão perpétua. 13ª Emenda atuando forte? Provavelmente.

O documentário “Difícil Decisão” não é sobre presidiários; é sobre pessoas. Assistir a esse filme é perceber a aberração da frase “bandido bom é bandido morto“. Logo no início, aparece o ator Dwayne Johnson (sim, o The Rock) conversando com os jovens e servindo de inspiração para eles. O ator tem um envolvimento pessoal nesse programa de reabilitação porque ele sabe, por experiência própria, que é possível mudar o rumo da própria história. E não é preciso passar pelo que ele passou para entendermos a importância desse projeto. Assista ao documentário e dê uma chance à compaixão e à empatia. Se cair uma lagriminha que seja, você foi aprovado.

Difícil Decisão (Rock and a Hard Place)
Segunda-feira, 3 de julho, 22h
HBO

Tags: , , , , , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Thais Polimeni

Thais Polimeni

Thais Polimeni é editora e uma das fundadoras do blog Cult Cultura e, ao lado de Leonardo Cassio e Daniel Ávila, é sócia-diretora da Carbono 60 - Economia Criativa. Publicitária, jornalista, paulistana, tiete e geminiana, Thais é viciada em teatro, cappuccino e wi-fi. Dizem que é descendente direta de Buda, mas na TPM, nem ela se aguenta. É colunista do Jornalirismo e tem seu alter-ego publicado aqui: facebook.com/thaisPOULAINmeni