Fechar Menu [x]

Prepare-se Para Muita Ação no 5º Filme da Franquia Bourne

Audiovisual | Leonardo Cássio 28/07/16 - 02h Leonardo Cassio

189-jason-bourne

Matt Damon retorna à franquia Bourne em Jason Bourne, que estreia nesta quinta-feira, 28 de julho, nos cinemas de todo o país. O longa-metragem é 5° filme da série, iniciada em 2002 com “A Identidade Bourne”, seguido por “A Supremacia Bourne” (2004) e “O Ultimato Bourne” (2007). Em 2012 foi lançado o “Legado Bourne”, cuja história paralela não teve participação de Matt Damon, com Jeremy Renner no papel do protagonista.

Agora, Bourne retorna às telas com o objetivo de solucionar de vez seu passado. O agente que fez parte de um programa ultrassecreto da agência de espionagem norte-americana teve sua memória perdida. Perseguido, aos poucos tem recuperados fatos que ocorreram em sua vida e agora quer descobrir de vez quem ele é e no que de fato está metido.

Bourne mantinha-se escondido ganhando dinheiro em lutas ilegais até a visita da ex-agente Nicky (Julia Stiles), que participou do mesmo programa que ele e tinha novas informações sobre o passado do agente. Como toda a inteligência e vigilância do Governo, em pouco tempo começa a perseguição à dupla e fatos vão sendo revelados.

jason-bourne-posterCom direção de Paul Greengrass, que dirigiu dois episódios da série, “A Supremacia” e “O Ultimato Bourne”, respectivamente, o filme tem os elementos de sempre: muita ação, com cenas externas de perseguição de carros muito bem executadas, poucos diálogos por parte do protagonista e bastante violência. O forte da franquia é tom frenético de ação que adota, incluindo diversas locações (Grécia, Islândia, Reino Unido, Estados Unidos, etc.), sem muito tempo para o espectador respirar e muita sobriedade dos personagens, especialmente de Bourne, que dá para contar quantas vezes ele fala alguma coisa.

Atual, o filme trata sobre questões crucias de vigilância, sobre privacidade individual x segurança coletiva, vazamentos de informações (com citação literal sobre o Snowden), pressão do Governo em cima de empresas de tecnologia para auxílio em seus programas – alusão a uma rede social gigante -, entre outros tópicos sociais importantes. Porém, o filme não se aprofunda nessas discussões. Elas servem apenas de conectores para a ação, com fórmulas largamente conhecidas. O forte do longa são as atuações de Damon, Vincent Cassel, que tem como missão eliminar Bourne, e dos agentes do governo vividos por Tommy Lee Jones e Alicia Vikander.

Jason Bourne é um bom filme, muito melhor do que outras franquias (Missão Impossível, por exemplo). Para os fãs do gênero, muito indicado. Para quem procura filmes com mais camadas de profundidade temáticas, Jason Bourne não é a melhor escolha. É um bom entretenimento, sem grandes pretensões. O 5° filme não apresenta diferencias com relação aos antecessores, mas mantém uma ótima pegada de ação.

Tags: ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Leonardo Cassio

Leonardo Cassio

Sócio-diretor da Carbono 60 - Economia Criativa, Leonardo Cassio é publicitário, jornalista e amante da sétima arte. Lê de mangá a física quântica e tem uma tatuagem do Pearl Jam.

RELACIONADOS