Fechar Menu [x]

Mulheres Ricas

Audiovisual 09/01/12 - 01h Cult Cultura

Aqui no blog da Cult Cultura, nós divulgamos peças de teatro, filmes, shows e livros que achamos interessantes. Não há restrições de ritmo, gênero ou valor de ingresso. Quem decide o que vai escrever é o próprio autor do texto.

No meu caso, eu geralmente escrevo sobre peças de teatro de comédia, drama ou musical, shows de MPB e filmes daqueles que passam no Espaço Unibanco. Escrevo porque eu gosto e porque eu acho que os leitores do blog vão se identificar com as sugestões.

E não é porque nós somos “cult culturais” que nós temos que viver alienados e ilhados. Sabemos que o BBB12 vai começar, que o Michel Teló está fazendo o maior sucesso e, principalmente, que “Mulheres Ricas” estreou na Band. E isso sim é comédia!

Para quem não sabe, “Mulheres Ricas” está substituindo o CQC e é da mesma produtora do programa. No primeiro dia, manteve o Ibope e quase monopolizou os Trending Topics do Twitter.

As participantes são, como o nome diz, mulheres ricas. Durante o programa, fiquei imaginando se elas são realmente como aparece ou se elas estavam encenando.

Tem trechos hilários, que nem se quisermos, conseguimos segurar o riso. Um que me marcou e eu dou risada sempre que lembro foi quando a Val Marchiori estava comprando um avião de R$30 milhões e ligou para a Narcisa Tamborindeguy:

– Helloooo, Narcisa! Aqui é a Val, tudo bem, querida?
Narcisa: Quem?
Val: A Val Marchiori!
Narcisa: Ah, oi, Val, tudo bom?
Val: Tudooo! Eu queria te chamar pra ir pra Paris fazer umas compriiiinhas na Chaneeeel!
Narcisa: Eu só vou se você pagar.

Eu dei uma resumida, mas o diálogo foi mais ou menos esse. Alguns diriam que é deprimente, eu prefiro achar engraçado.

Basicamente, o programa mostra a rotina das mulheres ricas: compras, cabeleireiro, família, piscina, festa e trabalho (nem todas tem esse item na rotina, claro).

Quando terminou o programa, entrei no Twitter e vi uma frase que descreveu tudo o que eu pensei quando li os tweets:

(by @lins_) Maior erro: assistir #MulheresRicas sem acompanhar o twitter.

É outra coisa! Gente falando que o programa é uma vergonha alheia, gente dando risada, gente torcendo pra Narcisa, enfim, um número sem fim de gente ligada na Band.

Não acho deprimente programas desse tipo. “Mulheres Ricas” deu uma movimentada na segunda-feira do pessoal, fazendo dar risada ou pelo menos incentivando a manifestação de diferentes opiniões. Se for pra achar algo deprimente, eu acho que deprimente é permitirem que programas desse tipo cheguem à 12ª edição. Aí eu não vejo o menor sentido.

Enfim, hoje tem “Mulheres Ricas” às 22h15 na Band. Liberte-se de preconceitos e liga lá, com mente (e Twitter) aberta e sem pudor!

Por Thais Polimeni

Tags: , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Cult Cultura

Cult Cultura

Plataforma digital de cultura e economia criativa.

RELACIONADOS