Fechar Menu [x]

Grifei Num Livro

Cultura Digital | Juliana Praia | Literatura 26/06/13 - 10h Juliana Praia

ju_1

Há quem diga que uma vida é pouco para conhecermos todos os lugares que gostaríamos de conhecer, ver tudo o que gostaríamos de ver, ouvir todas as músicas que desejamos ouvir e ler todos os livros que nos interessam.

Pensando nisso, Kleyson Barbosa, um jornalista nato, criou um Tumblr que eu, particularmente, acho bem interessante e sou viciada. Grifei Num Livro é uma página colaborativa que agrega ao gosto literário de quem possui interesse por livros (ou pelo menos por trechos deles) de diferentes temas e autores.

O funcionamento da página é bem simples: grifou uma parte, achou interessante e quer compartilhar? Esse é o Tumblr certo! Identifiquei-me e criei um gosto especial por trechos lá publicados, tanto que muitas vezes já procurei o livro completo para ler. Como também sou formada em jornalismo, preciso e gosto muito de ler sobre tudo, passei a minha vida grifando livros, revistas, anúncios, e o mais interessante é que, até conhecer a página, só tinha encontrado uma única pessoa (e não faz muito tempo) que também sente prazer em grifar livros como eu. Ao me deparar com a página na web, me senti em casa.

A meu ver, grifar um livro não é apenas ler um livro, é você se envolver, é querer destacar, é querer tirar dele o que há de essencial para você, é não esquecer, é relembrar. O mais interessante é podermos ver o mesmo livro grifado de várias maneiras por pessoas diferentes ou uma única pessoa grifar o mesmo livro de diferentes formas e ainda assim surgir diversas interpretações. É um mundo infinito de significados. Grifar um livro não é certo e nem errado, é apenas um jeito de interpretar uma história e identificar-se com ela ou apenas com uma parte dela.

(Com isso, me sinto na obrigação de fazer uma ressalva: Cuidado! O livro pode não ser seu, então antes de sair grifando por ai, assegure-se que pode fazer isso.)

É curioso pensar o que leva as pessoas a grifarem certas partes de um livro, muitas vezes é a forma que ela encontrou de ver o mundo, é um momento particular que esteja passando, ou simplesmente a maneira que as palavras são dispostas em uma frase. O mais legal disso tudo é que, além de conhecer os trechos que as pessoas consideram especiais para si, o Tumblr serve como indicação para quem quer conhecer novas pessoas, novos mundos, opa! Quero dizer, novos livros.

Já grifou um livro hoje?

Tags: , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Juliana Praia

Juliana Praia

Juliana Praia, ruiva, é marketeira por profissão, jornalista por formação e escritora por acaso. É interessada em toda forma de expressão, seja ela cultural, facial ou individual. Adora poesia, por que acredita que as palavras também precisam de enfeite. Não é PhD em nada, mas é especialista em ter consigo uma eterna curiosidade sobre o mundo. Faz voluntariado na Ong Presente de Alegria como palhaço doutora por acreditar no ser humano. Adora escrever sobre tudo que lhe passa pela mente e pelos olhos. Seu ritmo de vida é a música, principalmente a Brasileira, acha a melhor forma de expressão.

RELACIONADOS