Fechar Menu [x]

Pesquisadora Brasileira Lança Livro que Aborda os Principais Métodos do Balé Clássico

Literatura | Thais Polimeni 15/06/15 - 11h Cult Cultura

bale-caroline-konzen

A dança não é apenas uma manifestação cultural ou artística das comunidades nas quais surgiram. Assim como todo tipo de arte, a dança envolve aspectos sociais, históricos e até políticos de determinado período.

A pesquisadora Caroline Konzen, doutoranda do Programa de Doutorado em Educação da Technische Univesität Dresden, na Alemanha, estudou os 4 principais métodos do Balé Clássico em seu Programa de Mestrado, realizado em 2014 na CEFET/ MG. Por ser um tema novo na bibliografia brasileira, foi necessário que seus estudos envolvessem pesquisa de textos em língua inglesa, francesa, espanhola e italiana. A fim de que os estudos sobre Balé Clássico sejam mais acessíveis ao público em geral, indo além da Academia, Caroline Konzen publicou o livro: “Métodos do Balé Clássico: história e consolidação”, pela editora CRV, que pode ser adquirido através deste link.

Nesta entrevista, Caroline, que faz balé desde os 16 anos, nos conta sobre sua formação e paixão pela dança, explicando, com mais detalhe, sobre os quatro principais métodos do Balé Clássico:

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Em que momento você decidiu seguir profissionalmente no balé?
[CAROLINE KONZEN] Desde criança eu dizia que queria trabalhar com “expressão corporal” e, antes mesmo de começar a fazer balé, já pulsava o meu desejo de seguir carreira na área. Eu lia bastante sobre dança e quando comecei com as aulas de balé o meu desejo se reafirmou.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Qual a sua formação acadêmica?
[CAROLINE KONZEN] Minha graduação é em Letras e meu mestrado em Estudos de Linguagens. Durante a graduação, me envolvi em vários projetos de dança na universidade e concluí pesquisas de iniciação científica em dança. Assim como no mestrado, sempre estive envolvida com pesquisa em dança.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Seu livro “Métodos do Balé Clássico: história e consolidação” é fruto da sua tese de mestrado. Por qual motivo você decidiu escolher essa área de estudo?
[CAROLINE KONZEN] Essa área me fascina, além de ser um tema de grande importância, com poucas publicações no Brasil.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] O livro aborda os quatro métodos mais conhecidos de balé clássico ensinados no Brasil. Qual a diferença entre esses quatro métodos?
bale-caroline-konzen-livro[CAROLINE KONZEN] Os métodos que trabalho no livro (a Escola Italiana – Método Cecchetti; a Escola Francesa; a Escola Russa – Método Vaganova; e a Escola Inglesa – Método Royal Academy of Dance (R.A.D.)) são os métodos mais conhecidos no Brasil, porém, não necessariamente os mais ensinados. No Brasil, houve a influência de várias metodologias de balé no aprendizado dos professores, por isso é difícil identificar um método, digamos assim, “puro”. Até mesmo nos países em que as referidas Escolas foram originadas e desenvolvidas é eliminada a hipótese de um método “puro”, que não sofreu contaminação dos demais métodos. Devido à diversidade cultural relativa a cada nação em que a arte do Balé Clássico foi desenvolvida, o livro assumiu diferentes abordagens e particularidades. Apesar das diferenças inerentes a cada método, todos mantêm como base os mesmos princípios que fundamentam a técnica clássica. Embora existam diversos pontos de vista sobre as qualidades e deficiências de cada método, o livro não tratou de avaliar, assim como não empreendeu um estudo comparativo das diferenças e semelhanças entre os métodos e, sim, fez uma pesquisa bibliográfica sobre a instauração e consolidação dos métodos de ensino de balé, levando em consideração o seu contexto histórico e político.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Você acha interessante os pais saberem qual método cada escola ensina às crianças, antes de escolher onde seus filhos vão fazer aula de balé?
[CAROLINE KONZEN] Eu acho que o mais importante é os pais terem conhecimento sobre “como” ou de que maneira ou forma o balé vai ser ensinado aos seus filhos. A fase inicial do aprendizado do balé é fundamental e pode tanto motivar a criança como a frustrar profundamente, e o papel do professor é essencial nisso.

[CULT CULTURA | Thais Polimeni] Qual a importância do balé para a formação cultural e cidadã do indivíduo?
[CAROLINE KONZEN] A linguagem do balé vem de uma tradição pautada na língua francesa e numa estética de gestual formalizada na Europa há muitos anos. Em todo o mundo, o ensino de balé é estruturado em um sistema de movimentos que possui uma rotina e disciplina a ser praticada em sala de aula. Aliadas à linguagem e à prática em sala de aula, existem as atividades artísticas que permitem o exercício da legibilidade teatral própria dessa arte. Portanto, o balé, além de trabalhar muito a disciplina, permite trabalhar a experiência estética do indivíduo e a perceber melhor o seu corpo e a si mesmo como cidadão no mundo.

Tags: , , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Cult Cultura

Cult Cultura

Plataforma digital de cultura e economia criativa.

RELACIONADOS

Os comentários estão desativados.