Fechar Menu [x]

Solidariedade Como Fator De Mudança

COACHCULT | Leonardo Cássio | Multicultural 13/06/17 - 10h Leonardo Cassio

118-rio-grande-da-serra

No sábado, 3 de junho, a Carbono 60 esteve presente no encontro de associações de Rio Grande da Serra, no Grande ABC Paulista. O encontro foi capitaneado pela APRISCO – Associação de Presbiterianos para Inclusão Social Comunitária em Defesa da Vida -, que apoiou o projeto Nascendo Para a Música (conheça aqui), com o objetivo de criar uma rede de comunicação entre as entidades para viabilizar projetos e resolver problemas.

Rio Grande da Serra é um município carente em diversas áreas. Possui IDH – Índice de Desenvolvimento Humano – baixo, um dos piores do rico estado de São Paulo, e as associações do terceiro setor cumprem funções vitais que caberiam ao poder público, como prover cestas básicas, atendimento médico, odontológico e psicológico, criar atividades culturais e esportivas para comunidade, desenvolver práticas sustentáveis do ponto de vista ambiental e social e atuar com grupos de risco ou minoritários, como dependentes químicos, auxílio a refugiados, entre outros.

carbono60Estiveram presentes no encontro a anfitriã APRISCO, Instituto Filhos do Rio, Associação NIPO, Cristo Rei – por onde passou o projeto da Carbono 60, ABC do Grafite clique aqui para conhecer, Fibras da Serra, APAE Rio Grande da Serra, Causambientalis, Coletivo Afro, Estilo e Raça, PROFAVI e AVRVC. Todas as associações apresentaram seu foco de atuação, os principais projetos que promovem e os principais problemas que enfrentam, tendo em comum a falta de recursos e a falta de apoio consistente do governo.

A Carbono 60 apresentou uma palestra sobre leis de incentivo, voltada aos Programas do Governo do Estado de São Paulo, que possibilitam a realização de projetos culturais e esportivos através da isenção de ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. A ideia é munir as entidades com informações para que possam aumentar o leque de possibilidades de financiamento. No caso da pasta de cultura do Governo do Estado, existem editais que promovem projetos com dinheiro direto da Secretaria, não precisando buscar na iniciativa privada a isenção de imposto, sendo uma modalidade muito interessante para entidades como as de Rio Grande da Serra.

Algumas das entidades como a APRISCO, Fibras da Serra e Cristo Rei obtiveram apoio da Unipar Indupa, ex-Solvay, empresa da região que contribui com uma série de entidades e associações, patrocinadora dos projetos supracitados da Carbono 60. Infelizmente as demandas são muitas, os recursos insuficientes, e o encontro promovido pela APRISCO é uma chance de empoderar, estimular e fortificar o trabalho das associações, que em sua maioria conta com voluntários que acreditam na solidariedade como fator de mudança, solidariedade essa que parece estar sumindo para a maioria das pessoas.

Tags: , , , , , , ,