Fechar Menu [x]

Essa Greve Geral É Pra Quê, Mesmo?

Multicultural 28/04/17 - 10h Cult Cultura

80-reforma-trabalhista

O país está pegando fogo. Com a Reforma Trabalhista votada na Câmara na quarta-feira, 26 de abril, seguindo agora para o Senado, e com a Reforma da Previdência sendo negociada com muita pressa pelo Governo, fica difícil acompanhar tantas informações sendo publicadas diariamente, ainda mais sobre temas complexos que nortearão a vida de milhões de trabalhadores a curto e longo prazo.

A leitura do texto das reformas – o relator da Reforma da Previdência é o deputado Arthur Maia e da Reforma Trabalhista é Rogério Marinho – é difícil e muitas revisões estão sendo discutidas desde a apresentação do texto original de cada uma delas. Para facilitar um pouco a vida dos cidadãos, alguns produtores de conteúdo têm produzido vasto material sobre os principais pontos – cada qual sob sua ótica -, além do resumo geral delas e as fases em que se encontram dentro da máquina pública.

Apresentaremos aqui algumas fontes que podem ajudar a se inteirar nos temas, deixando bem explícito que nosso objetivo não é discussão partidária, mas sim a fruição de conteúdo sobre as propostas. Mais do que ser a favor ou contra, é preciso levar em conta que é necessário que haja algum tipo de reforma. Assim, é importante saber os rumos que o país dará a seus trabalhadores e, para que os cidadãos busquem seus direitos, devemos estar informados, ainda que minimamente, sobre os assuntos. Cuidado com a pós-verdade!

A primeira dica é entrar no site do Ministério do Trabalho. Parece chato, mas lá dá pra acompanhar os estágios dos trâmites e é possível ler quais são as proposições governamentais acerca das matérias. Além do portal, o Ministério possui perfis nas principais redes sociais, que serve de plataforma de comunicação com os cidadãos. Conheça e dê sua contribuição opinativa sobre o que é postado por lá.

A segunda dica vai para a plataforma Politize!, que é uma organização social focada em educação política que utiliza os meios digitais para difusão de conhecimento. A plataforma, que conta com bastante mão de obra voluntária, busca ensinar e desmistificar assuntos políticos de “forma clara, fácil e em linguagem acessível”. Você pode entender quais são as funções do senador, deputado federal ou a diferença entre os três poderes – executivo, legislativo e judiciário – e uma centena de outros temas ligados à política. O Politize! possui conteúdos em vídeos, um podcast, publica e-books e tem uma área destinada apenas a infográficos, que são ferramentas bem ilustrativas e de fácil entendimento, com bastante material sobre as reformas previdenciária e trabalhista.

Os podcasts têm se destacado bem na produção de conteúdo sobre os assuntos. Dois, em especial, fizeram bons programas sobre as reformas, que nós ouvimos integralmente:

Mamilos 103ouça aqui
Mamilos é um podcast que faz parte da plataforma B9, que possui uma rede de outros podcasts. Feito por Juliana Wallauer e Cris Bartis, com edições semanais, o podcast trata de assuntos que estão em alta de uma forma empática e aprofundada. Muitos dos temas tratados são polêmicos – sistema prisional, aborto, racismo estrutural –, e a reforma da previdência foi o escolhido para o programa 103, com participação de Laura Carvalho, professora do Departamento de Economia da FEA-USP com doutorado na New School for Social Research (NYC) e o Márcio Holland, Professor de Economia na Fundação Getúlio Vargas, com pós-doutorado pela Universidade da Califórnia, Berkeley, EUA, e autor do livro “A Economia do Ajuste Fiscal: Por que o Brasil quebrou?”.

Anticast 281ouça aqui
Anticast é um podcast comandado por Ivan Mizanzuk, criado em 2011 com Marcos Beccari e Rafael Ancara para falar sobre design. Chegou a integrar a rede de podcasts do B9, e hoje é uma rede com outros 7 podcasts. O programa 281 dedicou-se a falar sobre aspectos das reformas e contou com a participação de Paulo Rená, Luana Karen e Bruno Santos e apresenta vasto material de pesquisa em links deixados abaixo do arquivo do programa.

Uma ressalva é que os podcasts apresentam pontos de vista específicos sobre alguns pontos, sem deixar de elucidar os temas. Novamente, mais importante do que confirmar uma opinião prévia, é munir-se de informações para chegarmos a uma reforma trabalhista e previdenciária mais justa, principalmente com os mais pobres e em situação de vulnerabilidade.

Analisamos muitas matérias digitais de veículos de grande circulação que resumiam a reforma trabalhista. Do que lemos, indicamos dois links: um é o Estado de Minas e outro é o El País (é só clicar em cima dos nomes para ser direcionado à matérias). Ambos dão uma visão geral, de forma resumida, da maioria dos itens do projeto aprovado pela Câmara dos Deputados. Para quem quiser se aprofundar mais, sugerimos a leitura do minucioso “The Intercept“, portal que busca contribuir para maior transparência de órgãos de governo, empresas e sociedade. Uma de suas fundadoras é Laura Poitras, que citamos no texto de ontem, “Snowden – Herói ou Vilão” (clique aqui para ler), sobre o documentário Citizenfour (2014), produzido por ela em 2014. Neste link, o Intercept apresenta um jornalismo investigativo que vai além das questões sobre “o que vai mudar na reforma trabalhista?”. Vale reservar um tempo para essa leitura!

Em tempo: apesar de julgarmos importante, optamos por não citar fontes que, só de ler o nome, causam asco em diferentes grupos, como seria o caso da Veja e Carta Capital, (pra não citar pessoas físicas, porque é sacanagem, né).

Esperamos que esse post seja útil para a construção de um pensamento crítico e empático. E não nos esqueçamos de que falar de política com respeito é fundamental pra manutenção de uma sociedade democrática e evoluída.

Agradecimentos pela sugestão de fontes citadas no post: Tatiane Lobato, Julieine Ferraz Nascimento, Janaina Reimberg e Túlio Minto.

Tags: , , , , , ,