Fechar Menu [x]
Novos Posts

#LugarCult: Conheça o Templo Zu Lai, Patrimônio Chinês Na Grande SP

Leonardo Cássio | LUGARCULT | Multicultural 13/01/17 - 09h Leonardo Cassio

10-templo-zu-lai-cotia

Costumo dizer que nós morreremos, mas não conheceremos tudo o que há na Grande São Paulo. São Paulo não é só restaurante, shopping e balada. Há muita coisa a ser desbravada pelos curiosos e nós, aqui da Cult, através da seção LugarCult, buscamos contribuir com dicas culturais que saiam do trivial.

Um grande exemplo do que acabo de falar vem de Cotia, cidade da Grande São Paulo, a cerca de 35 km do centro da capital, que abriga o inimaginável Templo Zu Lai. Fundado em 2003, 3 anos após o início de sua construção, o templo de 10.000 m² está inserido em um terreno de 150.000 m² que abriga uma belíssima fauna e flora.

templo-zu-laiO Templo Zu Lai segue os preceitos da ordem monástica Fo Guang Shan, sediada em Taiwan, China, fundada pelo Mestre Hsing Yün na década de 1960. O local, portanto, é gerido sob a ótica da religião Budista, o que não atrapalha em nada a visita de quem for de outra religião ou mesmo não pertencer a nenhuma. O que há de interessante no templo?

A começar, a incrível e suntuosa arquitetura do lugar, inspirada na Dinastia Tang e feita por uma equipe de profissionais japoneses, chineses, taiwaneses e brasileiros. Ao se avistar a escadaria do estacionamento e, ao subir as escadas e se deparar com o vão livre e a edificação ao fundo e nas laterais, é impossível não se sentir em um filme oriental. É muito bonito todo conjunto arquitetônico e o lugar respira a “calma” budista. Você, sem perceber, passa a sussurrar e a andar de forma tranquila.

Defronte à segunda escadaria está um espaço dedicado às cerimônias religiosas, cuja entrada só é permitida nos horários de celebração. Algumas das celebrações são em português e outras em chinês. Na frente do espaço de celebrações fica uma espécie de “oratório”, onde os visitantes podem acender um incenso e meditar/ orar/ refletir/ fazer um pedido. Neste mesmo pavimento, em um dos corredores laterais, fica um museu dedicado ao budismo e à cultura chinesa. É pequeno, mas possui muitos itens interessantes, com destaque para esculturas em metal. No corredor oposto ao do museu, ficam algumas salas usadas para atividades de meditação, cursos e correlatos.

templo-zu-lai-ano-novo-chinesNo pavimento de baixo, no nível do pátio – vão livre –, onde se pratica Kung Fu no estilo Shao Lin do Sul aos sábados, há uma cafeteria com comidas saudáveis – se não me falha a memória, é comida vegetariana – e uma loja de souvenirs.

Descendo pela cafeteria ou voltado pelo estacionamento, chegamos a um jardim enorme, com um belo lago cortado por uma ponte suspensa oriental e muitas árvores repletas de pequenos esquilos que transitam harmonicamente entre os visitantes, que ficam esparramados pelo vasto gramado. É pura paz!

O Templo Zu Lai é uma imersão em parte da cultura chinesa, do budismo, de forma vivenciada. É um local muito diferente dos que estamos habituados em São Paulo, salvo exceções, e que vale a visita tanto pela perspectiva cultural, religiosa ou humana. O site do templo é repleto de informações, incluindo o calendário de cursos e atividades e um tour virtual do local.

Ir de transporte público não é tão simples, pois o local fica em um acesso da Rodovia Raposo Tavares, mas vale consultar.

Templo Zu Lai – Monastério Fo Guang Shan.
Estrada Fernando Nobre, 1461
(Acesso pelo Km 28,5 da Rodovia Raposo Tavares)
CEP 06705-490. Cotia – São Paulo – Brasil
Telefone: 11 3500-3600
zulai@templozulai.org.br

Tags: , , , , ,