Fechar Menu [x]
Novos Posts

Estúdios de Gravação Gratuitos nas Periferias de SP: Conheça!

LUGARCULT | Música | Thais Polimeni 17/08/16 - 05h Thais Polimeni

210-estudio-de-gravacao-gratuito

Quando eu fiz a produção executiva do álbum “Sabe Qual?”, da cantora Ana Gilli, percebi a necessidade e a importância do investimento em estúdios de gravação públicos, abertos aos profissionais da área musical. Havíamos sido contemplados com o Edital de Gravação de 1º CD pela Secretaria de Estado da Cultura (ProAC) e, mesmo conseguindo um valor amigável no aluguel do estúdio de gravação, mais da metade da verba do Edital foi direcionada a essa rubrica. Melhor seria se o governo disponibilizasse estúdios para gravar, em vez de desembolsar o valor, certo? E, para minha surpresa, cerca de 2 anos depois, foram inaugurados os estúdios públicos das Fábricas de Cultura! (É muita visão de futuro, minharrente! heheh! Brinks!)

As Fábricas de Cultura são uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo para ampliar o conhecimento cultural da comunidade. As 11 unidades das Fábricas de Cultura estão espalhadas entre as Zonas Leste, Norte e Sul e promovem acesso gratuito a diversas atividades artísticas, como aulas de música, circo, DJ, grafite, apresentações teatrais, bilbiotecas com acesso a livros, revistas e jornais.

As unidades de Brasilândia, Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha foram os contemplados para receber um estúdio profissional, cada um, para gravação de músicas de qualquer gênero. Cada estúdio tem dois técnicos responsáveis e os frequentadores das Fábricas de Cultura podem gravar e mixar suas músicas mediante agendamento prévio. Vale destacar que jovens entre 18 e 29 anos têm prioridade nas solicitações apresentadas.

Veja abaixo as principais regras de utilização e, qualquer dúvida, acesse este link ou entre em contato com a Fábrica de Cultura pelo e-mail contato@fabricasdecultura.org.br:

1) Os agendamentos precisam ser realizados com ao menos 15 dias de antecedência;

2) Os agendamentos terão duração máxima de 1 hora de montagem e 3hs de gravação para 1 faixa musical e/ou 3hs de mixagem;

3) Para agendar a gravação da música, o interessado deverá solicitar a ficha de agendamento de espaço na recepção da fábrica de cultura escolhida e entregá-la preenchida. A equipe da Fábrica irá entrar em contato por e-mail ou telefone, informando a aprovação da solicitação;

4) Só é possível realizar outro agendamento após atendido e encerrado o agendamento corrente.

5) Não é permitido utilizar os estúdios para ensaio.

Confira abaixo os endereços e horários de funcionamento das Fábricas de Cultura e aproveite!

ZONA NORTE
Fábrica de Cultura Brasilândia
Av. Inajar de Souza, 7001
Tel: (11) 3859-2300
Horário de funcionamento: terça a Sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Fábrica de Cultura Jaçanã
Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138.
Tel: (11) 2249-8010.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha
Rua Franklin do Amaral, 1575.
Tel: (11) 2233-9270.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

ZONA SUL
Fábrica de Cultura Capão Redondo
Entrada 1: Rua Bacia de São Francisco, S/N Entrada 2: Rua Algard, 82
Tel: (11) 5822-5240.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Fábrica de Cultura Jardim São Luís
Rua Antônio Ramos Rosa, 651.
Tel: (11) 5510-5530.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Fonte: fabricasdecultura.org.br

Photo via Visualhunt.com

Tags: , , , , ,

COMPARTILHE ESTE POST

COMPARTILHE

COMPARTILHE

Thais Polimeni

Thais Polimeni

Thais Polimeni é editora e uma das fundadoras do blog Cult Cultura e, ao lado de Leonardo Cassio e Daniel Ávila, é sócia-diretora da Carbono 60 - Economia Criativa. Publicitária, jornalista, paulistana, tiete e geminiana, Thais é viciada em teatro, cappuccino e wi-fi. Dizem que é descendente direta de Buda, mas na TPM, nem ela se aguenta. É colunista do Jornalirismo e tem seu alter-ego publicado aqui: facebook.com/thaisPOULAINmeni